terça-feira, 26 de março de 2013

Conclusão

Olá pessoal

Vamos terminar a monografia, certo? A conclusão, na maioria das áreas, menos na área de saude, tem que retornar à introdução, para que possa ver se tudo o que foi apresentado na introdução foi cumprido.

Conclui-se que...

Na verdade, deve-se praticamente repetir a introdução, menos a contextualização.
Ou seja, coloca-se o objetivos gerais. Foi alcançado? Se sim, coloque o resultado.
Objetivos específicos: coloca-se todos e vê se foram alcançados. Se sim, coloque os resultados.
O problema foi resolvido? Se sim, coloque o resultado.

Por fim, sua própria conclusão do estudo


Existem algumas monografias que exigem que se coloque também sugestões para novos estudos. Aqui geralmente se coloca o que não foi feito no seu estudo ou um aprofundamento dele.

Nas monografias da área de saude a conclusão é bem curta e vai direto ao assunto. Coloca-se a sua conclusão em geral em um parágrafo apenas. Porque neste tipo de monografia tem, antes da conclusão, a discussão dos resultados. E é aqui que você vai checar as opiniões dos autores estudados com as suas hipóteses e a problemática.

Bom, por hoje é só!

Um grande abraço!!

Entre no site www.monografiaurgente.com e vejas outras formas de ajuda mais efetiva!

sexta-feira, 22 de março de 2013

Desenvolvimento

Olá pessoal

Como visto nos posts anteriores, a monografia tem divisões, sendo que a parte de desenvolvimento é uma parte muito importe, sendo o núcleo da monografia.

Se for uma monografia de revisão de literatura, ou seja, que utiliza apenas a pesquisa bibliográfica para o levantamento de material, esta parte de desenvolvimento se divide em:

Capítulo 1 - Título
1.1 Subtítulo
1.2 Subtítulo
1.3 Subtítulo

Capítulo 2 - Título
2.1 Subtitulo
2.2 Subtítulo
2.3 Subtítulo

Capítulo 3 - Título
3.1 Subtítulo
3.2 Subtítulo
3.3 Subtítulo

Dependendo do número de páginas da monografia esta parte pode ser maior ou menor, ou seja, pode ter apenas dois capítulos ou até cinco ou seis capítulos, se for grande.

Nos capítulos, deve-se começar com a parte geral do tema, que pode ser um histórico ou conceituando o tema.

No segundo capítulo deve-se abordar uma parte do tema, mais geral. Por exemplo, se o tema for: A vida do idoso em sociedade. Deve-se então pegar uma parte do tema e discorrer, podendo, neste caso, falar sobre o idoso e dar informações sobre ele.

No último capítulo foca-se no assunto do tema propriamente dito, e, no caso do exemplo dado, discorre-se sobre a vida do idoso na sociedade atual.

Se for uma monografia da área de saude, o desenvolvimento não é separado por capitulo e sim somente por tópicos, pois será corrido, não se separa.

Se for uma monografia que tenha estudo de caso, também não se separa por capítulos, como no exemplo acima, da área de saude.

Espero ter ajudado e nos próximos posts retorno com mais informações.

Não esqueça! O site http://www.monografiaurgente.com poderá fornecer uma ajuda mais efetiva e tirar suas dúvidas de forma mais rápida.

Um grande abraço!

segunda-feira, 18 de março de 2013

Introdução

Olá pessoal

Hoje vamos falar da introdução da monografia.

A introdução deve mostrar ao leitor o que será apresentado na monografia. Ou seja, é um pre-projeto resumido.


Na introdução deve ter:


  • Contextualização do tema
  • Justificativa do estudo
  • Problemática
  • Objetivos da pesquisa
  • Metodologia.


Não é para colocar em tópicos, a não ser que as normas da sua universidade exijam. É um texto só, sem tópicos, ok?

A introdução deve ter, geralmente, duas páginas ou uma página e meia. Pode também ter apenas uma, se for resumida. Ou até 5 páginas, dependendo da exigência da Universidade.

Espero ter ajudado. Maiores informações entre no site www.monografiaurgente.com e veja outras forma de uma ajuda mais efetiva.

Um grande abraço!!

terça-feira, 12 de março de 2013

Sumário e Listas

Olá pessoal

Como vocês puderam ver no post anterior, a monografia tem o pré-texto, o desenvolvimento e o pós-texto.

Chegamos até o abstract. Agora vem as listas de ilustrações, listas de abreviaturas e o sumário. Estão entre os últimos a serem feitos também, porque somente depois de pronto é que temos como fazer esta parte.


Exemplo de sumário


No word existe uma ferramenta que auxilia na elaboração do sumário automático, assim como na elaboração das listas de ilustrações. Vou ensinar aqui para vocês. A lista de abreviaturas tem que ser feita à mão, ou seja, você vai copiando as abreviaturas e colocando o significado na frente. 

Para fazer a lista de ilustração, você vai no word, clica em Referencias - Inserir Legenda - e escolhe qual legenda você vai usar, se é Tabela, Figura etc...e coloca na ilustração que deseja colocar. O próprio word vai contando - Tabela 1 - Tabela 2 - Figura 1 - Figura 2 etc. Depois você vai na lista de ilustrações, no alto da página, e coloca Inserir Índice de Ilustrações.

O sumário também pode ser automático

Você vai colocando em cada título e subtítulo a sua marcação. Você marca o título por exemplo, vai em Início - Título 1. No título 2 você coloca Início - Título 2, e assim por diante. Depois vai na página do sumário, vai em Referências - Sumário - Inserir Sumário. Pronto! Simples assim!

Muito simples e fácil. E fica certinho, perfeito!

A formatação geralmente é ABNT, mas a Universidade pode escolher outra norma e eles próprios enviam o modelo para ser copiado. É só seguir.

Espero ter ajudado. Maiores informações sobre como podemos auxiliá-lo de maneira mais efetiva, entre em contato por email ou MSN. Entre no site www.monografiaurgente.com e nos procure! Estamos te aguardando!

Um grande abraço!

quarta-feira, 6 de março de 2013

Resumo

Olá pessoal!

Hoje vamos falar sobre o resumo da monografia. Na verdade, o resumo deve ser feito sempre após tudo estar pronto, inclusive a conclusão.


O aluno deve juntar todas as partes, inclusive introdução e conclusão, para ter material suficiente para resumir.

Geralmente no resumo é preciso colocar o objetivo do estudo, pois o leitor deve entender qual é o foco do trabalho. Além disso, deve-se contextualizar o tema, explicando um pouco os motivos da escolha deste. Depois, fala-se um pouco da metodologia usada na pesquisa. E por fim, dá-se a conclusão obtida com a pesquisa.

Este é o caminho do resumo ideal na grande maioria dos cursos. Alguns cursos da área de saude exigem um resumo mais específico.

Não se pode simplesmente jogar texto, sem sentido, porque não é o resumo da fundamentação teórica apenas, e sim, do trabalho como um todo...é uma apresentação do que será a monografia que começará a ser lida a partir daquele momento.

Além do resumo, deve-se ter palavras-chave que mostram em três ou quatro palavras sobre o que foi estudado. Por exemplo: se o assunto for sobre segurança do trabalho em construção civil. Quais seriam as palavras-chave?

Segurança. Construção civil. Normas Regulamentadoras.

OU

segurança; construção civil; normas regulamentadoras.


No primeiro exemplo as palavras-chave foram separadas por ponto. No segundo exemplo foram separadas por ponto e vírgula. Qualquer um dos exemplos está correto.

O abstract é a tradução do resumo para o inglês. Tem universidades que exigem a tradução em mais um idioma, que pode ser francês ou espanhol. Não são todas as universidades que exigem a tradução do resumo.

Espero ter ajudado.

Maiores informações entre no site www.monografiaurgente.com e veja outras formas de como podemos auxiliá-lo.

Um abraço!

segunda-feira, 4 de março de 2013

Monografia Urgente

Olá pessoal

Hoje quero postar sobre a importância da monografia e dos passos a serem seguidos para que esta seja uma importante ferramenta de estudo e que sirva como base para uma apresentação de sucesso e de reconhecimento por parte dos professores e orientadores.

A monografia é um Trabalho de Conclusão de Curso muito utilizado pelas universidades, para não dizer por todas as universidades, porque tem algumas que dão preferência para outros tipos de TCC, como artigos científicos ou planos de negócios, entre outros.

A monografia segue normas próprias, geralmente ABNT, mas algumas mesclam, como ABNT para o texto e Vancouver para a bibliografia. Algumas universidades mudam as normas ABNT e seguem normas adaptadas, enfim; a Monografia segue normas religiosamente, de forma que se não forem seguidas não podem ser entregues ou se forem e estiverem fora das normas a nota será bem abaixo do esperado.

A Mono (um) grafia (escrita) é um trabalho geralmente feito por apenas uma pessoa. Existem monografias feitas por mais de um aluno, mas geralmente esta monografia é dividida entre eles, onde cada um faz uma parte.






A monografia se divide em: pré-texto, desenvolvimento e pós-texto.

No pré-texto tem-se: capa, folha de rosto, folha de aprovação, dedicatória, agradecimentos, epígrafe, lista de ilustrações, lista de abreviaturas, sumário, resumo e abstract.

Os modelos geralmente são enviados pelas universidades e grande parte enviam um "molde", onde se preenche apenas o conteúdo. Isso facilita muito a formatação do trabalho.

Então, vamos começar a falar do resumo para frente, porque a parte anterior se resume basicamente à digitação e formatação.

No próximo post vou explicar sobre o resumo, abstract e sumário. Ok?

Explicações mais detalhadas ou uma ajuda mais eficiente, entre em contato com www.monografiaurgente.com e tire suas dúvidas.

Um abraço!